VI Fórum de Infraestrutura e Logística no Plaza São Rafael Hotel

 

Em momento mais do que oportuno, evento discute problemas da área no Estado e traz CEO da Duisport para relatar case da gigante alemã de logística, responsável pelo maior porto fluvial de transbordo de contêineres do mundo

 

Nesta quinta-feira, 7 de junho, a Câmara Brasil-Alemanha no Rio Grande do Sul realiza a sexta edição de seu Fórum Internacional de Infraestrutura e Logística. Será no Plaza São Rafael Hotel, das 8h30 às 17h30, com intervalo para almoço, reunindo painelistas representantes de empresas e do governo do Estado.

 

O encontro objetiva discutir questões relacionadas às áreas de infraestrutura e modais logísticos e possíveis alternativas para solucioná-las. Ao seu final, como ocorreu nas edições anteriores, um documento reunirá os principais itens levantados durante os debates, encaminhado posteriormente às autoridades que respondem pelo segmento.

 

Também serão apresentados cases específicos, um nacional, trazendo a cadeia logística dos ovos, da granja ao consumidor final, pela Associação Gaúcha de Avicultura, e outro internacional, apresentando o grupo alemão Duisport.

 

Haverá, ainda, painéis sobre os impactos causados pela Operação Carne Fraca, a nova ponte do Guaíba, transportes aquaviários, o Plano Estadual de Logística e Transportes do RS (PELT), e a relação entre controle sanitário e cadeia logística. A CEO da Fraport Brasil, Andreea Pal, falará sobre a gestão do aeroporto Salgado Filho.

 

Inscrições e informações pelo site www.ahkpoa.com.br e pelo tel. (51) 3222-5766.

 

Duisport

 

Embora sua origem remonte a 300 anos, tal como é hoje, o Grupo Duisport existe desde 1926, com seu porto localizado no estado alemão de Nordrhein-Westfahlen, mais importante centro logístico da Europa. A Duisport presta serviços em todas as áreas da logística, desde a administração de implementação de novas empresas na área do porto até embalagens industriais, passando pelo desenvolvimento de conceitos logísticos e portuários e por serviços de transportes.

 

Com essa estrutura localizada no coração da Europa, atende 150 milhões de habitantes, com um faturamento em torno de 230 milhões de euros/ano.  Se consideradas as demais empresas ligadas indiretamente ao porto, o faturamento totaliza 3 bilhões de euros, movimentando 45 mil trabalhadores.

Em sua área física, a Duisport reúne 300 empresas, formando um hub logístico que atende 20 mil navios e 25 mil trens/ano, totalizando a movimentação de 133 milhões de toneladas de cargas. É o maior porto fluvial de transbordo de contêineres do mundo.

O Grupo estará representado no VI Fórum de Infraestrura e Logística por seu CEO, Erich Staake.

 

Programação

8h45 – Abertura

9h15 – Devolutiva do V Fórum – 2017 pelo coordenador do Comitê de Logística da Câmara, Renê Wlach

9h30 – Transformando mais de 300 anos de história em transporte marítimo – Gilberto Santos, diretor da Ocean Network Express

10h – Case Logística do ovo – Anderson Herbeert, Naturovos

10h30 – Impactos da Operação Carne Fraca – Nestor Freiberg, presidente da Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV)

11h – Falta de controle sanitário pode afetar a economia e toda a cadeia logística – Bernardo Todeschini, superintendente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

11h30 – Plano Estadual de Logística e Transportes do RS (PELT) –  Humberto Brandão Canuso, secretário de Transportes do RS

12h – Debate

14h30 – Aeroporto Salgado Filho – CEO Andreea Pal

15h – Nova ponte do Guaíba, estrutura e ganhos logísticos –  engenheiro Thiago Dias Pinto, Construtora Queiróz Galvão,

15h30 – Case Duisport – CEO, Erich Staake

16h – Agência Nacional de Transportes Aquaviários(ANTAQ), diretor Adalberto Tokarsi

16h30 – Debates

Deixe uma resposta

  • *

    Protected by WP Anti Spam
    Trip Advisor

    Confira as avaliações dos hotéis da Rede Plaza de Hotéis

    Central de Reservas

    0800 70 75 292

    Assine nossa newsletter
    © Rede Plaza de Hotéis